Melasma: Tudo que você precisa saber

melasma.jpg

Embora não existam estudos que comprovem, os dermatologistas sabem, empiricamente, que seus consultórios vão lotar depois do verão. O principal motivo? As manchas na pele.
Cada mancha demanda uma ação diferente. A mais dificil de tratar é, sem dúvida, o melasma (a famosa “mancha de gravidez”, de cor acastanhada e simétrica comum nas bochechas, buço e testa). É bom saber que os raios de sol não são os único culpados pela estimulação dessas células.
Outro tipo de mancha causada pelo sol é a melanose solar, também conhecida como mancha senil. Ela costuma aparecer perto da quarta década de vida, em áreas expostas, como rosto, ombros, braços e mãos. É bom saber, no entanto, que o cuidado para que elas não voltem (ou melhor ainda, nem apareçam) é pra vida toda.

Confira alguns dos tratamentos, produtos e cuidados capazes de manter as machas mais longe.

CUIDADOS EM CONSULTÓRIO
O tratamento varia de acordo com a mancha, alguns médicos não indicam nenhum laser para o tratamento de melasma pelo risco de efeito rebote.
Já as melanoses solares admitem o uso de lasers e luz intesa pulsada, assim como tratamentos tópicos e peelings.

HIDROQUINONA
A conhecida substancia para uso tópico ainda é considerada o padrão ouro em tratamentos para manchas, em especial o melasma. No entando, por apresentar alguns riscos, como deixar uma marca branca definitiva no local e até a possibilidade de intoxicar as células, seu uso deve ser controlado e feito sob supervisão de um dermatologista.
A concentração máxima deve ser de 4% e o período de tratamento de seus meses. Depois, é preciso fazer uma pausa, de pelo menos, três meses. Muitos dermatologistas recorrem à “tripla combinação”, o Tri-Luma, é um mix de três ingredientes: hidroquinona, tretinoina e acetonido de fluocinolona. Enquanto a hidroquinona inibe a formação de melanina, a tretinoina melhora a renovação celular, ajudando a primeira a penetrar melhor.

INFILTRAÇÃO DE ÁCIDO TRANEXÂMICO
Um estudo recente, feito na Coreia do Sul, mostrou que injeções desse ácido na área da mancha são capazes de diminuir a pigmentação. O líquido é injetado com uma agulha fina em vários pontos sobre a mancha superficialmente, o processo requer anestesia.

PEELING DE ÁCIDO RETINOICO
O ácido tem ação comprovada na redução de manchas, especialmente o melasma, e é um dos preferidos dos dermatologistas por sua segurança e eficácia.
Ele é aplicado na face e mantido na pele por um período de seis a doze horas.
O tratamento com peeling demanda quatro ou cinco sessões, com intervalos quinzenais, ao preço médio de R$400 por sessão.

ACROMA-QS
Trata-se de um laser tipo Q-Switched fracionado e não ablativo (que não retira a camada superficial da pele), que funciona em qualquer mancha e por, inclusive, ser usado para tratar melasma.

ETHEREA
É um aparelho de luz intensa pulsada, ideal para sardas e machas senis com pigmentos escuros, que atinge o melanócito e destrói a melanina. Mas, diferentemente do laser, a luz é liberada de forma dispersa sobre a pele, e não facada. Dá pra tirar marcas marrons, pequenos vasos vermelhos e induzir a síntese de colágeno em um mesmo momento. São indicadas em média, duas ou tres sessões, com intervalo mensal entre elas e custo médio de R$550.

HÁBITOS PARA A VIDA TODA
1 – Protetor solar sempre!
Deve ser usado diariamente, com sol, chuva ou neve, inclusive no começo da manhã e no final da tarde.
2- Lista de substâncias
Um produto só será eficiente para previnir manchas se for do tipo misto, isto é, se contiver na sua fórmula, filtros físicos e químicos. Cremes de FPS mais baixos, como 15 e 20, provavelmente serão apenas quimicos e não fornecerão a proteção adequada. Já os mais altos, geralmente são mistos. Na dúvida procure produtos com os seguintes componentes: dióxido de titânio ou óxido de zinco. Ambos atuam como filtros físicos.
3 – Escolha um dermatologista de confiança para um tratamento efetivo
Não vale achar que basta ir até a farmácia, comprar um creme clareador e sair usando. Esse tipo de produto funciona, sim, mas sua eficácia depende de uma série de fatores (como a influência hormonal), que só um médico saberá avaliar.

PRATELEIRA

Profuse Clair, Ache, R$109,90 (30ml).
Traz três ativos clareadores, que inibem a ação dos melanócitos e a pigmentação induzida pelo sol. Tem FPS 25.

9beefc_f796147eddb54991a51c60c5e42bcd55.jpg

Lumixyl, Libbs, 140 reais (30ml).
Possui um ativo excluisivo, o decapeptídeo-12, que inibe as tirosinase, a enzima responsável pela produção de melanina.

9beefc_1a07ee613c4d431db1f52e608a19706e.jpg

Klassis Emulgel, TheraSkin, 125 reais (30ml).
Formulado especialmente para peles mistas e oleosas, diminui a produção de melanina e auxilia na renovação celular.

9beefc_5d09f567128e4a4b8dba282ecee61caa.jpg
Melan-Off Clareador, Adcos, 132,50 reais (30ml).
Possui ácido ascórbico, alpha arbutin e ácido glicirrizico, além de um ativo exclusivo da marca, AlphaWhite complex, que inibem a produção de melanina.

clareador.jpg

 

Ja testaram algum?

Conte nos comentarios sua experiencia

bjssss

MR

 

boaforma, edição 341, Sabrina Sato 2015

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s